Quando o inimigo está dentro de você

shutterstock_157563116.jpg

A autossabotagem é a tendência a colocar travas, limites e complicações a si mesmo durante o caminho em direção a metas e objetivos. Representa o inimigo dentro de nós mesmos.

Talvez nos proteja em alguma medida do fracasso a curto prazo, mas também nos distanciam do êxito.

Responda as seguintes perguntas e descubra se você está se autossabotando:

Você nega as suas necessidades?
Acontece quando você quer alcançar um objetivo, mas nega a si mesmo essa necessidade pessoal de forma inconsciente. Pode aparecer na forma de frases como “isso não me interessa” ou “não é o que eu quero pra mim”.

Tente detectar quando realmente um objetivo ou meta realmente não interessa e quando é o medo de não estar à altura que provoca o boicote.

Essa diferenciação te permite criar um escudo contra a autossabotagem.

Você procrastina?

O ato de procrastinar se traduz na frase “segunda-feira eu começo”. É uma das formas mais eficazes de fracassar.

Procrastinar funciona como uma barreira diante da sensação de incapacidade. É um mecanismo de defesa porque nos protege e impede de nos colocarmos à prova.

Você é inconstante?
Quando você não acaba uma tarefa não tem que avaliar se a fez direito ou não.
Assim, a autossabotagem funciona como um mecanismo de defesa para caso algo não saia como esperado, mas também protege do sucesso as pessoas que acreditam que não merecem o triunfo pessoal, ou que imaginam não saber administrar o sucesso, caso ele venha.

Você evita tomar decisões?
Evitar tomar decisões significa se proteger de se sentir com qualquer grau de responsabilidade e, assim, nos afasta de adotar posições importantes e de poder.

Este tipo de autossabotagem nos mantém no papel de espectador (e não de ator) de nossas vidas. O perigo de ser espectador de nossas vidas é que esta atitude reforça a ideia de não sermos suficientemente bons para aspirar mais.

Se você respondeu ‘SIM’ para qualquer dessas questões, é o momento de reavaliar suas atitudes e detectar quando a autossabotagem acontece.

Esta pode ser decorrente de baixa autoestima, personalidade evasiva (tendência a recuar diante de situações de pressão), entorno familiar super protetor, dentre outros.

Funciona da seguinte forma: como não me permito, não desafio a mim mesmo e, portanto, não ganho em desenvolvimento pessoal.
Então, perco a oportunidade de ganhar novas capacidades e melhorar aquelas que já possuo. E por isso, continuo pensando que “não posso”, “não quero” ou “não dá certo comigo”.

Saiba que  a maioria pessoas têm um “pequeno boicotador” dentro de si e precisam aprender a viver com ele.

Este pequeno boicotador sempre irá nos dizer que não somos capazes de alcançar o que nos propomos. Nos fará duvidar de nós mesmos e nos manterá dentro da nossa zona de conforto.

Somente desta forma este pequeno inimigo se mantém tranquilo e confortável.

O truque está em aprender a ouvir suas dúvidas sem se entregar ao jogo do boicotador. Sim, de fato, falamos de um trabalho de precisão que com frequência requer uma boa dose de paciência.

Para superar a autossabotagem você pode melhorar a sua autoestima, detectar seus pontos fortes para ampliá-los e identificar também seus pontos frágeis para melhorá-los. Mas, principalmente, se deixar aproveitar as oportunidades, esta é a chave principal para vencer a autossabotagem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s