A importância do autoconhecimento

simon-migaj-421505-unsplash.jpg

Pare por alguns minutos e reflita: o que você faz, as atitudes que toma, são para agradar a si mesmo ou para agradar os outros? Essa autoanálise pode te levar a descobrir o ponto mais importante de sua vida: o quanto você conhece sobre si mesmo.

Já reparou como algumas pessoas são mais resilientes e têm uma confiança acima da média, enquanto outras se desequilibram ao sinal de qualquer problema? A diferença entre essas pessoas está exatamente no autoconhecimento. Quem se conhece, sabe exatamente quais são os seus pontos fortes e fracos e por isso tem a confiança de que consegue usar suas qualidades para resolver qualquer adversidade que a vida coloque em seu caminho. Pelo outro lado, se você pouco se conhece, vai ficar em um ciclo vicioso onde busca continuamente a aprovação dos outros, pois não sabe dos seus reais potenciais. Em qual dessas situações você prefere ficar?

Se conhecer é uma prática que é infinita e deve ser constante, afinal, você nunca é o mesmo e nunca passa pelas mesmas situações todos os dias. Tudo de novo que acontece serve para te ensinar algo a seu respeito. Por um lado, se isso parece trabalhoso, os resultados são gratificantes.

Para cada qualidade sua que você descobrir, sua confiança vai melhorar, assim como a sua autoestima, além de você saber exatamente como agir de acordo com a sua natureza em cada situação da vida. E esse é o ponto principal do autoconhecimento: descubra a sua natureza e saberá como agir de acordo com o que o seu coração sente e, assim, encontrará a felicidade.

Um exercício interessante de autoconhecimento consiste em reservar diariamente pelo menos cinco minutos em um lugar em que possa ficar sozinho e sem ser incomodado. Pegue caneta e papel e comece a refletir sobre as suas qualidades, em seguida escreva-as. Repare quais vem primeiro à mente e quais demoram mais para serem reconhecidas. Depois, procure refletir se essas qualidades dependem apenas de você para serem percebidas ou se precisam da aprovação dos outros para isso. Saiba nesse ponto que a primeira aprovação que você deve ter na vida é a sua própria. Por isso, aos poucos, procure identificar novas qualidades que não precisem da aprovação dos outros para serem reconhecidas e reflita em como você pode usá-las em seu dia a dia para tornar a sua vida cada vez mais feliz.

Outro exercício refletir sobre os seus sonhos. Procure frequentemente se perguntar quais são os seus sonhos e como você é capaz de conquistá-los. Eles dizem muito sobre o que está pulsando de verdade dentro da sua alma. Por mais que por fora você tente se adequar a padrões culturais e sociais aceitos, no fundo do seu coração mora um sonho que quer ser realizado. Busque esse sonho e você encontrará verdades sobre si mesmo.

Essas são apenas algumas práticas básicas que você pode utilizar para começar a se conhecer cada vez mais. O importante é que você se sinta motivado a dar os primeiros passos rumo ao conhecimento que mais pode mudar a sua vida para melhor, que é o conhecimento de quem você realmente é. Portanto, conheça a ti mesmo e todo o universo conspirará para que a felicidade desperte de dentro de ti.

Quer aprender mais sobre autoconhecimento e se conectar com pessoas comprometidas a te auxiliar não somente a se encontrar, mas a ser o melhor de si? Vem tomar um café conosco que nós te explicamos como!

 

texto original disponível aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s